Blog Dr. Eliney Faria

CÂNCER DE PRÓSTATA EM IDOSOS – Pesquisa revela dados importantes sobre rastreamento

Pauta de minha tese de doutorado, o rastreamento de câncer de próstata rendeu um dos maiores e mais densos estudos da América Latina, que mostrou que o problema do rastreamento de câncer de próstata pode ser relevante no Brasil.

Nosso país não tem rastreamento sistemático em saúde pública para esta doença, e por isso acaba encontrando maior prevalência e maior probabilidade de doença de alto risco.

De forma geral, quando comparamos os dados de rastreamento ativo com pacientes que tinham apenas o SUS para fazer diagnóstico ( e não faziam), vimos  muito mais casos avançados e mais difíceis de curar. Portanto, o rastreamento em câncer de próstata  deve contribuir na cura e melhor qualidade de vida do homem!

À qualquer sinal da doença, acompanhe, consulte regularmente o Uro-oncologista.